Login  Associe-se  Contato
Notícias
Biblioteca do TST tem edição da CLT com anotações do ministro Mozart Victor Russomano
A primeira edição da obra “Consolidação das Leis do Trabalho: anotada” traz anotações manuscritas, inserções e revisões feitas pelo próprio autor.
15/12/22 15:34

Faz parte do acervo da Biblioteca Délio Maranhão, do Tribunal Superior do Trabalho, a primeira edição da obra “Consolidação das Leis do Trabalho: anotada”, de autoria do ministro Mozart Victor Russomano. A publicação traz anotações manuscritas, inserções e revisões feitas pelo próprio autor para o lançamento da segunda edição da obra, revista e atualizada.

Segundo Kassandra Clatworthy, coordenadora substituta da Coordenadoria de Documentação (CDOC) do TST, as anotações e marcações revelam não apenas o pensamento do autor para a segunda edição da publicação, mas também seus pontos de reflexão acerca da modificação do direito ao longo do tempo.

Russomano ingressou como ministro togado do TST em 1969 e presidiu a Corte de 1972 a 1974. A obra está em processo de digitalização pela Biblioteca e logo estará disponível para consulta online na Juslaboris - Biblioteca Digital da Justiça do Trabalho.

Revistas do CNT

A Biblioteca Délio Maranhão também está finalizando a digitalização da coleção das Revistas do Conselho Nacional do Trabalho (CNT).

Segundo Adan Milhomem, Supervisor substituto da Seção de Divulgação da Memória Institucional, as revistas vão de 1924-1946 e constituem uma fonte histórica fundamental para a compreensão do órgão e das origens da Justiça do Trabalho. “Servem como fonte primária não apenas para a compreensão da atuação administrativa e jurídica do órgão, mas também de questões sociais, culturais e das relações entre capital e trabalho discutidas ao longo dessas décadas”, explica o servidor. "Há nas revistas, de maneira geral, transcrições de discursos e artigos que refletem várias das questões discutidas no país nos anos 20, 30 e 40 representando, portanto, uma importantíssima fonte histórica acerca da evolução do pensamento social do trabalho e para a compreensão das origens da Justiça do Trabalho" completa.

A coleção completa também estará disponível na Juslaboris.



Fonte: TST
Acessos: 128

Leia também